Indicadores – “Acompanhamento dos resultados das suas decisões”

Indicadores

O cenário atual das empresas se caracteriza pela concorrência agressiva e pela grande velocidade em que as mudanças ocorrem. Como forma de se sobressair no mercado, surgiram fatores estratégicos que tornam a gestão empresarial uma tarefa complexa, delicada e de suma importância para um bom desempenho empresarial.

O que são indicadores gerenciais?

Os indicadores são ferramentas que permitem o acompanhamento das principais variáveis de interesse da empresa e possibilita o planejamento de ações visando melhorias de desempenho. Importante: Medições são essenciais em qualquer situação, pois explicitam problemas e facilitam a tomada de ações de modo a resolvê-los. Os primeiros indicadores foram criados nas grandes empresas do início do século, como a Ford, a GM e a Du Pont, visando o acompanhamento dos resultados das suas divisões. Para tanto, utilizavam-se de demonstrativos financeiros, com os índices de Retorno sobre o Investimento, Lucro líquido, etc. Além disso, monitoravam o custo de seus produtos. Desde então, o termo “indicadores” foi associado a resultados financeiros e isto permanece como prática na maioria das empresas hoje em dia.

Para que usamos?

O objetivo dos indicadores é motivar as partes a fazer o que é bom para a organização como um todo, ou seja, sem medidas, não temos o desempenho desejado. Com medidas erradas, nós sub otimizamos o desempenho da organização. Indicadores gerenciais podem cumprir com eficácia duas funções: planejamento e controle. Os indicadores auxiliarão na função de planejamento quando orientarem a tomada de decisões, direcionando os esforços futuros da empresa. Entretanto, podem também cumprir a função de controle – tanto de aspectos financeiros, como dos processos internos, dos departamentos ou das pessoas, individualmente.

Quais são os tipos de indicadores?

Existem diversos tipos de indicadores, como: de produtividade, qualidade, finanças, comercial, logística, entre outros. Estes podem ser usados nos mais diversos níveis dentro da empresa.

E como acompanhar seus indicadores?

Para que os indicadores realmente ajudem a aprimorar os processos e os resultados, é preciso ter o cuidado de acompanhar os dados que são relevantes. Caso contrário, corre-se o risco de se perder em diversos controles que não levam a lugar algum. Uma grande alternativa, é acompanhar os indicadores gerenciais através de sistemas especializados. Atualmente, o mercado proporciona sistemas de controle integral da empresa, como também, através de segmentos. Muitos apresentam padrões específicos, de acordo, como as melhores práticas do mercado, outros através de customizações referente a necessidade do cliente. Comece procurando um software/sistemas adequado para sua empresa e lembre-se: realize testes e optem primeiramente pelas opções free. Um bom exemplo é o sistema de gestão ONYZ, pois apresenta versões gratuitas, funcionalidades práticas e intuitivas e não oferece nenhum tipo de fidelidade.

Referências:

1. FRANÇA, Ana Cristina Limongi. Indicadores empresariais de qualidade de vida no trabalho: esforço empresarial e satisfação dos empregados no ambiente de manufaturas com certificação ISO 9000. 1996. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.



<< voltar